Dormir mal é uma queixa frequente entre adultos, porém, pessoas muito jovens já sofrem com este problema. Mas, porque será?

A revolução social que a lâmpada elétrica de Thomas Edison causou, a mais de 140 anos, também foi um divisor de águas para a qualidade e quantidade do sono.

Com a possibilidade de desbravar a escuridão, a vida humana foi agraciada com mais horas para deleites e labores.

Se de um lado podemos reverenciar essa oportunidade de ficarmos mais tempo acordados, de outro, dados preocupantes sobre dificuldades de adormecer de grande parte da população mundial, preocupam a OMS – Organização Mundial da Saúde.

Pois de acordo com a entidade, até o ano de 2018, estimava-se que mais de 40% da população mundial sofria com a falta ou má qualidade do sono.

Essas estatísticas são derivadas de um estilo de vida interativo com a necessidade de mais e mais se ocupar.

O modo como vivemos hoje esmaga o sono, inviabiliza noites de 8 horas de sono faz muito tempo.Tão pouco 6 horas de sono de qualidade muitas pessoas alcançam.

Dormir mal nos deixa cada vez mais doentes…

A ausência do tempo de sono, afeta nosso bem-estar, além de físico, mental.

Matthew Walker, é um neurocientista e docente na Califórnia, mais propriamente na Universidade Berkeley. Ele diz que:

… A privação do sono, afeta a vida da pessoa de forma muito negativa, já que dormir é semelhante a outras necessidades como respirar, comer, defecar…

Mas, porque hoje dormimos tão mal?

Responder a essa pergunta é simples, pois somos demandados intensamente.

Como é possível melhorar o sono?

Dormir mal pode diminuir nosso tempo de vida e pode resultar em várias doenças como:

  • Sobrepeso;
  • Diabetes;
  • Síndromes e fobias sociais;
  • Depressão;
  • Problemas cardiovasculares;
  • Câncer.

Entre outras.

Logo, buscar melhorar a qualidade e também a quantidade de sono é atualmente uma tarefa que se expande em consultórios médicos, principalmente.

Afinal é lá onde as queixas se tornam fatos!

Assim sendo, em um breve resumo, lhe sugerimos avaliar seu sono e se este tem lhe sido suficiente.

Em contrapartida já lhe fornecemos algumas dicas para dormir melhor. São elas:

  • Deixe um pouquinho de lado aquele aparelhinho que insiste em te perturbar (o celular). Afaste-o pelo menos 30 minutos antes de se preparar para dormir;
  • Medite diariamente, pois essa técnica melhora o sono;
  • Coma bem, se exercite, se divirta e se ame mais.

Por último e talvez principalmente, leve um colchão descente para sua casa!
Compre online na Sonhar Colchões

#dormirbem #sonobom #ronco

Responder