Aprender a lidar com o não é uma forma de viver melhor, ter mais saúde e principalmente cultivar relações verdadeiras e duradouras.

Aquela pessoa que está sempre pronta para dizer sim, mas por dentro arde, porque sabe que não poderá atender ao solicitado, sofre, e muitas vezes calada.

O fato, é que muitas dessas pessoas, esquecem que assim como dizer “sim” responder com convicção a algo que não está ao seu alcance, seja por falta de tempo ou por inaptidão, com um sincero “não” é também uma resposta.

Aliás, o fato de dizer “não” jamais pode significar apatia ou incongruência em relação a solicitação do outro.

Porém, lamentavelmente, nem sempre é fácil dizer este bendito “não”, porque devemos concordar que também não é nada simples ouvir um “não”.

Aprender a lidar com o não é um progresso como ser humano

É natural o sentimento de egoísmo e culpa quando negamos ao outro um pedido.

Além disso, uma sensação consumista de que o outro pode vir a deixar de gostar de nós porque negamos, acomete nossa alma.

Entretanto, poucos sabem que ao dizermos “não”, porque de fato será impossível atender ao pedido, estaremos grandiosamente contribuindo para o auto respeito.

Pais se punem quando dizem não aos seus filhos, mesmo que em muitos casos, o pedido é um absurdo.

Igualmente, a dificuldade de dizer e de ouvir  “não” leva a situações improdutivas em ambientes corporativos, entre amizades, e também nas relações de família.

Quando muitos “sim” se acumulam (porque não soubemos negar, mesmo que isso seria a coisa certa a fazer), expomos nossa mente a uma estafa, que leva a sobrecarga física, psicológica e emocional.

Diante disso, é fundamental salientar que, qualquer relação, especialmente consigo mesmo, que de fato é transparente e saudável, deve antes de tudo, ser honesta e não punitiva.

Aprender a lidar com o não nos torna mais fortes

Assim como dizer sempre a verdade,contribui para mais clareza mental e principalmente para organizar nossa vida, saber ouvir e interpretar um “não” como resposta, ajuda a melhorar a produtividade, acima de tudo.

Não se sobrecarregar e não sobrecarregar os outros, nos permite alcançar um melhor nível de plenitude e objetividade.

Sendo assim, lute contra o hábito de dizer sim para tudo, igualmente abra sua mente para receber e assimilar respostas e eventos diferentes daquilo que imagina ser ideal, ou seja, aprenda a lidar com o não.

 

Responder