Principalmente quando chegamos nesta época de eleições, que temos que discutir o que é uma gestão pública de excelência.

Pois as pessoas que escolhemos para administrar o Brasil precisam estar conscientes de como devem gerir o Estado, de forma competente e com qualidade.

Vamos então conferir o que faz uma gestão pública ter um nível de excelência e que correspondam as expectativas dos cidadãos.

Gestão Pública de Excelência e os princípios

A própria Constituição Federal, no artigo 37, define alguns pontos de como é uma gestão pública de excelência. Eles se baseiam em princípios de:

  • Legalidade: Obedecer sempre a lei, acima de todas as coisas;
  • Moralidade: A gestão pública deve ser guiada por um rígido código moral, com princípios amplamente aceitos pelos cidadãos;
  • Impessoalidade: Não fazer distinção entre as pessoas e não promover favorecimentos. Todos os cidadãos são iguais e preferenciais;
  • Publicidade: Este ponto visa à transparência, e a divulgação pública de fatos e dados;
  • Eficiência: Refere-se a realizar um serviço com o máximo de qualidade com o menor custo possível. Não se trata apenas de “economia burra”, mas sim gastar com qualidade, otimizando o dinheiro público o máximo possível.

Outros fatores podem ser apontados como integrantes de uma gestão pública de excelência. Eles são:

  • Excelência voltada ao cidadão: Voltar à atenção ao cidadão, priorizando sempre à sociedade, e submeter-se frequentemente à avaliação dos usuários, gerando assim maior valor para todos e garantir uma maior satisfação;
  • Gestão Participativa: A gestão pública deve ser participativa por princípio, pois ela trem que visar o máximo de cooperação de todos os envolvidos, e harmonizar interesses coletivos com os individuais, para alcançar uma sinergia perfeita;
  • Gestão baseada em informações e processos: Envolve o planejamento, o desenvolvimento e a execução das atividades, e o acompanhamento dos resultados, buscando sempre melhorar o desempenho;
  • Valorização das pessoas: Conceder autonomia para que as pessoas atinjam suas metas, criem oportunidades de aprendizado e ter reconhecimento pelo bom trabalho;
  • Visão de futuro: Ter um norte, um caminho a ser percorrido, em prol do benefício da sociedade como um todo.

Estas são alguns fatores que levam a uma gestão pública de excelência, e que deveria ser observada por todos os gestores e políticos que assumem a responsabilidade de guiar os destinos de nossa nação.

 

Responder