Locação de espaços é opção competitiva e prática para armazenar produtos

Há três anos, a empresária e sócia do site Bebe D’Amour, Márcia Rodrigues, se viu diante de um desafio para quem tem comércio online: equilibrar os gastos com logística. O e-commerce é um segmento econômico em expansão no Brasil. Em 2017, o País ultrapassou pela primeira vez a marca de 600 mil lojas na internet, segundo levantamento do PayPal. Os canais digitais funcionam como plataforma para divulgação e venda de produtos. Mas onde armazenar as mercadorias, com segurança e comodidade, enquanto não foram comercializadas?

Quem investe em um galpão próprio (como Márcia fazia) tem que arcar com todos os custos da infraestrutura, como reformas e reparos, equipe para atendimento, limpeza, equipamentos de segurança, conta de água, luz, taxas, etc. Isso tudo exige altas somas que saem do bolso do empresário. “Para reduzir minhas despesas, resolvi contratar espaços de uma empresa de self storage em 2015. Achava que seria uma opção para no máximo 6 meses. Passaram-se três anos e não tenho intenção nenhuma de sair. O custo benefício foi excelente para nós”, explica a empresária.

No self storage os clientes só pagam a mensalidade. Despesas com manutenção, equipe de funcionários e segurança ficam à cargo da empresa dona dos boxes. A economia é visível nos balanços financeiros. Além dos baixos custos, outra vantagem é a facilidade para contratação. O processo é rápido. Contratos não exigem fiador e são renovados automaticamente após o pagamento da mensalidade. Para cancelá-los, basta liberar o espaço e não pagar o boleto mensal, sem penalidades ou multas.

Solução logística

Planejar gastos com logística é um desafio para quem é sócio de um comércio online. Líder em self storage no Brasil, o GuardeAqui oferece boxes a preços competitivos, com praticidade, pouca burocracia e fácil acesso. São mais de 120 mil m2 somando 24 unidades em 9 cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Brasília.

“Para quem trabalha com comércio eletrônico é uma vantagem poder reagir rapidamente à flexibilidade do mercado comprador. Uma vez que um dos nossos princípios é a praticidade, aumentar ou diminuir o tamanho dos boxes contratados é muito simples. As empresas podem dispor de espaços de maneira rápida, ajustando seus custos de armazenagem com eficiência e ampliando seus lucros”, afirma Allan Paiotti, CEO do GuardeAqui.

A empresa disponibiliza o que há de mais moderno no setor: infraestrutura de ponta, atendimento rigoroso e equipamentos de segurança modernos são destaques nas instalações. Em Santo Amaro (SP), o GuardeAqui conta com o maior centro de self storage da América Latina.

Transportadoras agradecem

Para a empresária Márcia Rodrigues, outro benefício é o fácil acesso das transportadoras para realizar a carga e descarga de produtos. Em grandes cidades, esse é um tema de especial importância diante dos riscos de roubo e extravio de mercadorias em galpões de rua, sobretudo quando não há garagem.

As unidades do GuardeAqui contam com estacionamento para caminhões e áreas planejadas para carga e descarga, além de equipamentos apropriados para transporte dos produtos até os boxes de armazenamento. “Agora, é tudo feito com muita tranquilidade, sem medo de assaltos. As transportadoras agradecem”, diz a empresária.

Fonte: Estadão http://patrocinados.estadao.com.br/guardeaqui/2018/05/09/self-storage-e-solucao-logistica-para-comercios-online/

 

Fuja dos grandes Data Centers

 

Acessórios para bikes

 

 

Responder